Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2011

D. Rosa!

Imagem
Recentemente tenho me apercebido de que as crianças, mesmo já na primária, apresentam um padrão de comportamento agressivo que ultrapassa todas as barreiras do aceitável! Se antigamente a violência física, nomeadamente entre alunos, era recorrente nos recreios e até socialmente aceite, hoje, os nossos valores anti-contacto físico, transportam os miúdos para um conceito de agressão ainda mais nocivo. Se a violência é uma forma de expressão mal resolvida, que temos de ensinar as crianças a ultrapassar, então como conseguir fazê-lo se a maneira como ela se apresenta é quase transparente e invisível? Muitas vezes, só nos damos conta que um filho nosso ou criança conhecida é alvo de agressões, quando chora pelos cantos e já não consegue esconder o sofrimento. Se um olho negro ou roupa rasgada é denunciadora e prova de que algo está mal, um ataque verbal, psicológico recorrente leva muito tempo a ser desmascarado, ou nunca se descobre. Na passagem da idade pré-escolar, para o ensino básico,…